Espírito do Amazonas, me ilumina,
e sobre o caos desta metrópole,
conserva em mim ao menos um fio
do que fui na minha infância.


Não quero ser pássaro em céu de cinzas
nem amargar noites de medo
nas marginais de um rio que não renasce.







































































Amazonas:
Tua ânsia de infinito ainda perdura?


Ou perdi precocemente toda esperança?
-Milton Hatoum









Fotografia, Arte e Direção @CLAVA.CO